Sunday, September 28, 2008

Ainda sobre o caso dos 220 milhões de Meticais

o tão propalado caso dos 220 milhões de meticais, me fez reflectir em torno de uma questão: porque é que se está a dar muita ênfase à prisão do senhor Manhenje? Será que ele foi, e é o único que defraudou e defrauda bens e dinheiro do erário público? Quantos casos mal parados sufocam a justiça Moçambicana?

Até hoje, as pessoas estão ávidas em saber quem é o autor moral do crime de Carlos Cardoso, e quem são os autores morais e materiais da morte bárbara de Siba-Siba. Pelo que me consta esses dois casos mal parados são anteriores ao caso dos 220 milhões de meticais.

Dei exemplo desses dois casos, mas concerteza, existem muitos outros casos por esclarecer. Claro que é importante que este caso siga os trâmites legais, mas parece-me que se atribuiu muito protagonismo ao mesmo.

1 comment:

X!mb!t@nE said...

E não é que tens razão?