Sunday, March 1, 2009

Bloguistas: do virtual ao real!

O encontro dos “bloguistas Moçambicanos” realizado no último Sábado na Cidade de Maputo, foi o primeiro de muitos encontros ainda por vir. O objectivo do encontro era o encontro real dos “bloguistas” que somente conheciam-se virtualmente até então.

Visto a maioria de nós desconhecer-se até ao dia do encontro, os que já tinham chegado (eu e a minha irmã Ximbitane) íamos tentando adivinhar a identidade de cada pessoa que chegava ao local de encontro.
Quando o Shirangano entrou, a Ximbi disse para mim:”este tem cara de ser Shirangano” e eu acenei afirmativamente com a cabeça. E não é que era ele? Entre telefonemas e mensagens, visto muitos bloguistas estarem atrasados, eis que surge mais alguém: Amosse Macamo, ou simplesmente “Modaskavalu”. Quando o Amosse chegou continuamos com as apresentações. A seguir chegou Chacate Joaquim e iniciamos uma brincadeira, a da adivinhação: “guess who am I”!
À medida que os demais bloguistas chegavam, a brincadeira repetia-se. Oh, Mutisse, acreditaste feito um patinho que eu era a Avid, kakakakaka...
Bom, sucedeu muita coisa no nosso encontro, mas não detalharei porque por um lado se eu contasse tudo não haveria espaço para descrever, mas por outro lado há pessoas indicadas para escreverem a crónica do encontro, e o que pretendo com este “post” é mostrar que o mundo virtual é mágico, mas o real é ainda mais fascinante.
No mundo virtual manda a imaginação, mas no mundo real notamos que as pessoas com quem convivemos virtualmente são de carne e osso e são tão pessoas quanto nós.
O mundo virtual tem o condão de nos fazer viajar e dar asas à imaginação. Representamos, idealizamos, pintamos e mascaramos pessoas e suas identidades, e quando elas estão próximas de nós não parecem as mesmas, porque as percepcionamos de modo diferente.
Apesar de termos sido submetidos à diversos processos de socialização, no final de contas temos todos uma coisa em comum: o compromisso com a verdade e a honestidade intelectual, por isso caros bloguistas, coloquemos todos os planos traçados em prática e continuemos a primar por uma postura imparcial. Parafraseando Obama: “YES, WE CAN”!

24 comments:

Agry said...

Olá
Pelos vistos consegui um disfarce na perfeição!Nem a Nyikiwa nem a mana se aperceberam da minha presença! E esta hein?
Saludos

Nyikiwa said...

Hahahahaha... Agry, estiveste la? Nao e verdade!

SHIRANGANO said...

Eu apenas espero que os encontros sejam constantemente constantes. Foi muito bom ver- te ao vivo e a cores.
Que perdeu Wa maama!

Nelson said...

Quem perdeu wamaama mesmo como a gente diz aki na banda do Xiveve. Deixem esses encontros se tornarem constantemente constante e num deles a gente atravessa os rios que nos separam da grande capital. Abracos

Júlio Mutisse said...

Foi fascinante! Fixe mesmo. A Nyikiwa me "esquinou" ao apresentar-se como Avid mas, a medida que íamos conversando, eu ia notando, que FALTAVA alguma dose de"irreverência" e "loucura" que caracteriza a Avid, por agora, ainda virtual.

Foi bom.

Nyikiwa said...

Kakaka... Mutisse! Quem te traiu foi a Yndonghah que me apresentou como Avid. Eu sou calminha, calminha, um primor de menina1 logo nao podia ser a Avid! Quem perdeu como Nelson Wa mama! PS: Nelson, estive na Beira recentemente e procurei pelo teu numero que nem uma louca , para sair do virtual para o real. Fica para proxima!

Yndongah said...

Oi Nyiki,
Amei aquele encontro, tive muitas surpresas,conhecer as pessoas pessoalmente sempre vale a pena. Espero que continuemos.
Bjs

Nyikiwa said...

Yeah, Yndonghah! O encontro foi nice. Adorei ver as pessoas de carne e osso tambem! Creio que continuaremos a encontrar-nos.

Bjo!

Júlio Mutisse said...

Wena Nyikiwa... Avid, estou a espera do seu "real", como disse ao Nelson d'outro lado, roa as unhas esperando o próximo e me ajude a que não demore. Estarei na Beira daqui a pouco

Nelson said...

Quem estiver na Beira 'e sodar um sinal. Joga uma quick msg para o meu hotmail e ai nos ligamos. Tentei encontrar a Nykiwa atraves do gmail que a Ximbitane me passou mas nao deu certo. Mas gente boa, eu estou animado porque sei que num futuro bem proximo a gente se ve. Adoro a estranha sensacao de conhecer de cara quem ja conheco na blogosfera. 'E estranhamennte gostosa a mistura do conhecido e desconhecido. Me lembro de como foi quando me encontrei com a Ivone Soares na Beira.

Nyikiwa said...

Nelson,
Oportunidades nao faltarao. Escreva-me: nyikiwa.pedro@gmail.com ou nyikiwa_pn@hotmail.com

Nyikiwa said...

Shirangano,

Que baby fofo, hein! Amei!

agry said...

Desculpa-me mas o que eu queria dizer mesmo era que, quando for grande, também eu quero participar nesses convívios de provocar água na boca

amosse macamo said...

Nyikiwa um verdadeiro encontro magico, verdade. nem a ressaca que teimava em me dar cabo conseguiu que vivesse aquele momento em doses duplas como o vivi, no final do encontro veio a trisetza de deixar todos para tras e a esperanca de tornar estes encontros uma constante...e a Ximbitane que me dedurou que liguei para ela de madrugada depois inventei desculpas do estilo foi a crianca que ligou arriii ani matendencia pa....mais havera

Nyikiwa said...

Kakakakaka... E tu agora te estas a denunciar as outras pessoas! Entre voces 2 quem tem matendencia de verdade? Foi triste dizer adeus, mas sempre havera mais, estou certa disso!

Custódio Duma said...

Valeu pessoal,

Continuem assim...boas pessoas...pessoas reais!

Valeu!

X!mb!t@nE said...

Makwero, nao restam duvidas que foi a doer e que soube a pouco!

Nyikiwa said...

E como soube a pouco!

Egídio Vaz said...

Eu perdi. Talvs porque a primeira vez q a Indogha me convidou estive o infortunio de n poder participar. E daí em diante, me minharam. Bem, se o grupo for grande demais e precisarem de mais um, avisem-me. O meu emai é público e único.
Abraços e parabéns.
E.

Nyikiwa said...

Que pena que perdeste Egidio! Fica para proxima. O coracao dos "bloguistas e imenso e cabe sempre mais um!

Chacate Joaquim said...

Egídio não é bem assim "me minharam" hehehe... haverá sempre uma ouportunidade.

kkkkkk... nessa mesma sequencia das façanhas vividas no encontro o inconfundível e único que saiu da boca do elefante amosse macamo tenta sacar o nome real da Nyikiwa e fez uma pergunta do tipo es Alzira ném?... a Nyikiwa que já é uma calejada de djampar armadilhas masculinas repitiu Eu!... Nyikiwa... aí todo o mundo não resistiu incluindo ele mesmo o modas... foi maravilhoso. abraços

Nyikiwa said...

Kakakaka... Chacate! Eu, calejada em djampar armadilhas? Nao sabia!

Chacate Joaquim said...

Os espectadores é que classificam os nossos dotes, essa é para perceber das minhas faculdades de estar presente em toda a parte, vais ver os garson não resistiram a essa kkkk... foi bom foi bom

Nyikiwa said...

Ate garcons? Hehehehe... Nao sabia que fiz assim tanto sucesso, oh Chacate!